Pedido de recuperação judicial da BioÓleo é deferido

Por Valor Econômico

SÃO PAULO – O pedido de recuperação judicial da BioÓleo – joint venture da Petrobras e da 2H Participações, com sede em Feira de Santana, interior da Bahia – foi deferido hoje pelo juiz Adriano Vieira de Almeida, da 4ª Vara Cível da Comarca de Feira de Santana, na Bahia. A consultoria EXM Partners é a responsável pelo elaboração do plano de recuperação judicial da BioÓleo. Hoje, a BioÓleo tem capacidade para produzir 74 mil toneladas de óleo por ano e tem área industrial de cerca de 210 mil metros quadrados. A empresa, que tem como sócios a 2H Participações e a Petrobras Biocombustível, tinha como proposta em 2010 ser a principal fornecedora de óleo vegetal refinado para a Fábrica da Petrobras em Candeias (BA), o que exigiu fortes investimentos iniciais para aumentar a produção. Segundo a EXM Partners, a com a redução de oferta de mamona, a BioÓleo viu sua produção cair para aproximadamente 10 mil toneladas de óleo por ano, o que acabou gerando uma dívida acumulada no valor de R$ 44 milhões, sendo 85% para bancos e 15% para outros fornecedores. O plano de recuperação judicial da empresa tem de ser apresentado no prazo de 60 dias aos credores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *