Avianca reduz voos entre Brasília e Juazeiro do Norte

Por Diário do Nordeste

A empresa não deixa claro quantas vezes por semana o voo será realizado, mas possivelmente dependerá do número de aeronaves que terá à disposição no período

Em recuperação judicial desde dezembro e com aviões em disputa na Justiça, a Avianca irá reduzir a operação dos voos entre Brasília e Juazeiro do Norte. De acordo com a companhia, o voo deixará de ser diário para ser operado “alternadamente”.

A empresa não deixa claro quantas vezes por semana o voo será realizado, mas possivelmente dependerá do número de aeronaves que terá à disposição no período.

A devolução de duas aeronaves que hoje fazem voos internacionais às empresas de arrendamento já custou à Avianca quase todas as suas rotas internacionais. Os voos entre Guarulhos e Nova York, Miami e Santiago serão encerrados no dia 31 de março. Ao todo, já foram entregues 7 aviões.

Das rotas para o exterior operadas pela empresa – que vinha ampliando sua atuação nesse segmento – restarão apenas duas: Fortaleza e Bogotá e Salvador e Bogotá. Em sua reestruturação, a Avianca reduzirá sua frota em um terço. Eram 57 aeronaves e restarão apenas 38 ao fim do processo.

Crise

Com 13,77% do mercado brasileiro e dívidas de quase R$ 500 milhões – sem incluir débitos com arrendatários -, a Avianca vem tendo dificuldades para honrar compromissos desde o segundo semestre do ano passado.

Com o atraso no pagamento de contratos, os donos de aeronaves entraram na Justiça para retomar os aviões em posse da Avianca e conseguiram decisões favoráveis – que só foram revertidas após o pedido de recuperação judicial ser aceito.

Leia a íntegra da nota abaixo:

“A Avianca informa que, a partir de abril, o trecho entre Brasília e Juazeiro do Norte será operado alternadamente – e não mais diariamente.

A companhia está dando suporte aos passageiros que adquiriram bilhetes que sofreram alteração. A Avianca lamenta o transtorno causado e reafirma seu compromisso de atender seus clientes, sua prioridade, com excelência.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *