Avianca Brasil entra em mês decisivo, com nova assembleia e leilão

Por Valor Econômico

A Avianca Brasil tem duas datas decisivas neste mês para avançar no seu processo de recuperação judicial. Na sexta-feira, dia 5, a companhia aérea terá a assembleia geral de credores, que será instalada independentemente de quórum. E no dia 18, se o plano for aprovado pelos credores, será realizado o leilão da UPI Life Air, empresa aérea que será criada e leiloada para o pagamento das dívidas.

Segundo fontes a par das negociações, a expectativa é que o plano seja aprovado, mas os credores devem sugerir ajustes, como mudanças na divisão dos recursos a serem captados pela empresa e na ordem de pagamento aos credores. Existe o risco de parte dos credores pedir a suspensão da assembleia por alguns dias. Isso poderia complicar a realização do leilão, que depende da aprovação dos credores para ser realizado. Na sexta-feira passada, a primeira assembleia geral de credores da Avianca Brasil foi suspensa por falta de quórum.

Era necessário que, para cada classe de credores, houvesse a presença de maioria simples, ou 50% mais um. Na classe 4, formada por pequenas e microempresas, compareceram 13,41%. O plano da Avianca Brasil consiste basicamente na criação e leilão da UPI Life Air, que vai herdar até 28 aviões da empresa e 70 pares de direitos de pouso e decolagem (“slots”).

A Azul já fez uma proposta para comprar a nova empresa por US$ 105 milhões e fez empréstimos à Avianca Brasil de R$ 50 milhões como adiantamento. De acordo com uma pessoa próxima do assunto, a Azul pedirá hoje ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) a aprovação da compra da UPI Life Air. Outra fonte disse que a Avianca já está constituindo a nova empresa.

O edital do leilão da UPI Life Air já foi aprovado pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *